© 2019  por 3R Brasil e Bessa Consultores.

 

Siga a gente:

  • White Facebook Icon

As novas tecnologia: Os sistemas de processamento distribuído são os que incluem vários dispositivos (que podem ser de vários tipos, como computadores de PC, dispositivos móveis, etc.) que possuem recursos computacionais e de comunicação.

 

O seu poder computacional é utilizado em conjunto para o processamento colaborativo de várias tarefas - e esse processamento é realizado de forma distribuída. UAV ou VANT - Veículos aéreos não tripulados (também chamados de drones) ganham atenção significativa nos últimos anos. Eles foram empregados para realizar múltiplas tarefas, como vigilância ou monitoramento ambiental.

 

As primeiras implementações foram baseadas em VANT únicos, mais tarde o potencial de vários UAVs que colaboraram em uma equipe foi notado. Muitas aplicações foram implementadas de maneira distribuída, usando múltiplos VANT colaborativos e os princípios dos sistemas de processamento distribuídos.

Nesse contexto na área de engenharia temos uma solução incrível para inspeções e medições nas diversas áreas do conhecimento. A utilização de Drones na engenharia é um grande avanço com o aumento da produtividade e a diminuição dos riscos envolvidos como trabalhos em altura, acesso a áreas de risco, novas perspectivas de inspeção e análises estruturais. Na engenharia de saúde e segurança do trabalho há inúmeras possibilidades com ganhos incríveis, onde evita-se montagem de andaimes, aluguel de plataformas, cursos de NR-35 etc. Inclusive os drones complementam as medidas de controle e supervisão.

As filmagens e fotos com uso de câmeras normais e térmicas identificam vazamentos, aquecimentos em peças ou equipamentos, alterações em terrenos e lay-out dentre outras questões relacionadas a dimensionamentos, comparando o antes e o depois. Em detonação consegue monitorar uma vasta área com as câmeras 4k, possibilitando uma investigação dos danos antes e depois das implosões, inclusive o alcance dos lançamentos.

Com a utilização de amostradores passivos de agentes químicos e detectores de gases, pode-se realizar medições e inspeções em áreas de risco, avaliando a quantidade de agentes químicos utilizando o fluxo das hélices para potencializar a passagem de ar nos amostradores passivos, cuja velocidade deve ser previamente medida durante o processo de montagem com equipamentos especiais como anemômetro de fio quente. Veja mais sobre nossos serviços especiais (clique aqui).

 

Dentre as possibilidades com o uso de drones destacamos:

  • Investigação topográfica e traçado de dutos;

  • Análise de riscos em função das distâncias das áreas sensíveis de equipamentos com materiais combustíveis e inflamáveis;

  • Posicionamento de berços de equipamentos de caldeiraria;

  • Conservação e integridade de estruturas e equipamentos;

  • Detecção de vazamentos e pontos quentes;

  • Medições quantitativas e emissões de poluentes;

  • Inspeções diversas de:

    • Painéis Solares

    • Internas e Externas;

    • Chaminés, Torres e Caixas d'água;

    • Plataformas e Tanques de Óleo e Gás;

    • Telhados, para-raios, antenas e situação de conservação;

    • Obras de engenharia, pontes de viadutos

    • Usinas Eólicas e Elétricas (sobre controle de interferências)

    • Redes de Transmissão de Energia

    • Tubulações e Dutos

    • Usinas Hidrelétricas e Barragens

  • Situação de obras e infraestruturas;

  • Desempenho acústico de fachadas prediais;

  • Planejamentos de lay-outs eficientes com rotas de fuga, delimitação de área de risco e acessos;

  • Controle patrimonial de ativos;

  • Supervisão de área de resíduos e depósitos em geral;

  • Planejamento e acompanhamento das situações de emergência, como parte do plano de emergência para agilidade nas ações mitigadoras ativas e reativas;

  • Contagens de ativos.

 

VANTAGENS DO USO DE DRONES:

  • Facilidade de acesso;

  • Agilidade;

  • Maior Aproximação sem comparado com outras aeronaves;

  • Inspeções Múltiplas;

  • Menor Custo Operacional;

  • Menor Burocracia dos planos de voo;

  • Menores Riscos Operacionais;

  • Manter Funcionamento de Instalações

  • Precisão de localidade e dimensional

  • Facilidade em Locais de Difícil Acesso

  • Menor necessidade de planejamento e plano de voo;

  • Economia de recurso humano;

  • Economia de combustível;

  • Economia com equipamentos de segurança do trabalho;

  • Fotos e filmagens em diferentes perspectivas;

  • Segurança e confiabilidade.